Entidade faz campanha sobre dedução no IR que ajuda crianças

Contribuição solidária termina no fim do mês, junto ao prazo de envio das declarações

GUSTAVO BONOTTO / CAMPO GRANDE NEWS


Criança com síndrome de Down recebe apoio pedagógico de professora. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Há poucos dias para o fim da declaração do Imposto de Renda deste ano, a Associação Pestalozzi de Campo Grande segue com campanha para conscientizar contribuintes na destinação do imposto para entidades filantrópicas.

Conforme nota enviada à imprensa, está nas mãos do contribuinte decidir para onde vai parte do seu Imposto de Renda. E mais: o dinheiro pode ser destinado a projetos que atuam na proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Instituições como a Pestalozzi são beneficiadas pela destinação do Imposto de Renda ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O processo é simples: no campo “dedução' do formulário, é só escolher a opção “Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente' e preencher o valor a ser destinado (uma cota de até 3% em caso de pessoas físicas).

Quem tem imposto a restituir também pode fazer a destinação, sem pagar a mais ou receber a menos. O valor recebido no ano passado possibilitou a Pestalozzi de Campo Grande a complementar a merenda escolar com proteína, adquirir equipamentos para a sua cozinha e pagar funcionários e prestadores de serviço.

Foi uma ajuda e tanto para a instituição que atende mais de 700 usuários com deficiência intelectual e/ou transtorno neuro motor, proporcionando o acesso a projetos de educação, saúde, assistência social, lazer e trabalho. Em 2024, a expectativa é que mais pessoas conheçam essa oportunidade e optem pela destinação na hora de preencher a declaração.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok